Neste dia do Músico, 5 “conselhos” para os colegas:

1- estudar técnica é a única forma de garantir que hoje você toca tão bem quanto tocou ontem;

2- a vida de músico com diploma de nível superior já é difícil. Sem diploma, é mais difícil ainda;

3- tenha um plano, um mapa pra sua carreira. A vida vai te obrigar a mudar seu plano várias vezes. Mude sempre que for preciso, mas tenha um plano. Quem só perambula acaba voltando cansado pro mesmo lugar;

4- a excelência é um hábito. A única forma de garantir que você vai tocar bem é tocar bem sempre. Isso vai te obrigar a tocar mais devagar ou trechos menores. É um preço barato pelo que você está ganhando – excelência;

5- a vida tem altos e baixos, mas nunca se esqueça de seu valor em qualquer momento. Tanto uma nota de R$ 50 suja e amassada quanto uma nota de R$ 50 com a assinatura do Niemeyer continuam valendo apenas R$ 50. Lembre-se sempre do seu valor – nem mais, nem menos.

Bônus: o mundo muda. Se até motoristas de táxi tem de se atualizar, porque você deve ficar preso a velhos conceitos e velhas ideias sem confrontá-los com o mundo de hoje? A área da música está se revolucionando a cada 5 anos. Por exemplo, você sabe há quanto tempo existem o Spotify ou o YouTube? É preciso mudar junto – ou ao menos estar aberto às novidades.

Share This