Uma das ferramentas mais importantes pra você estudar música com eficiência é manter um caderno de estudo. Nele você deixa claro quais suas metas, e o arquivo que ele cria te permite conhecer melhor quais ferramentas funcionam melhor pra você, além de facilitar a retomar músicas que estavam na gaveta.

Na foto em destaque, um dos meus diários de estudo. Note que é uma agenda que adaptei para este uso. Também perceba que uso várias siglas para anotar com maior rapidez o que preciso – só você precisa entender o seu diário de estudos.

Experimente começar seu diário de estudos hoje numa agenda ou caderno. Você irá perceber que a clareza do que fazer torna cada sessão de estudo muito melhor, com mais resultado em menos tempo. E, como você pode perceber, não precisa ser como um diário narrando toda a sua vida: preencha só as metas de cada sessão de estudo, de forma abreviada, e com espaço pra marcar se foi cumprida ou não.

Nos primeiros dias essa mudança de hábito pode ser um pouco estranha, mas se você se comprometer a manter um diário por ao menos 2 semanas, na terceira você não irá mais querer voltar àquelas sessões de estudos sem foco, sem direcionamento, e na qual você repete muitas vezes sem necessidade a mesma coisa apenas por não saber mais o que você deveria fazer de verdade.

 

 

Share This