O Andante Opus 241 nº 18, de Ferdinando Carulli, é uma obra fácil, acessível para os violonistas iniciantes, e também muito bonita. Tenho um carinho especial por ela, pois a toquei na primeira vez em que me apresentei em público, num sarau de alunos da escola de música em que estudei, a Espaço Sonoro Academia de Música e Artes.

Nesse vídeo, utilizo uma réplica de um violão do século XIX (alguns preferem chamar de “guitarra romântica”) feita pelo luthier francês Hugues Boivin. Com essa réplica, é possível ter uma noção mais clara da sonoridade almejada pelo compositor e alguns recursos do instrumento mais próximo ao que Carulli teve à mão.

Com a série “Easy Beauty” gostaria de compartilhar algumas músicas que sugiro a iniciantes tocarem, por combinarem beleza, facilidade técnica, e cuidado na escrita musical.

Share This